Senegal é A BOLA DA VEZ

Volante campeão do Peladão fala sobre sua história no futebol amador e dos bastidores da conquista do maior campeonato do gênero em MT

Por Redação em 28/09/2017 às 01:26:03

Imagem: Alan Cosme

Esta semana trouxemos para vocês um dos atletas mais cômicos do futebol amador. Dono de um bom humor acima da média, Hemerson Figueiredo da Costa falou com o nosso site, e citou tudo sobre a sua caminhada no futebol amador, além de opinar sobre o sucesso do Novo Horizonte no Peladão 2017.

O volante de 29 anos alcançou seu auge em 2017, recuperou o bom futebol de alguns anos atrás, e hoje está entre os principais volantes de marcação do futebol amador. Responsável por capitanear o CANH no inédito título do maior campeonato de futebol amador do Estado, Senegal é A BOLA DA VEZ desta semana.

Confira abaixo o resumo do bate-papo que tivemos com o atleta que atualmente defende o Unidos do Dom Aquino na Champions League:


A BOLA DA VEZ MT: Senegal, como está sendo os dias após a grande conquista do Peladão? Qual a sensação de ter ganhado o maior campeonato do estado?

Senegal: Nossa, a melhor sensação que um jogador de futebol amador possa sentir. Sentimento de missão cumprida, e de mostrar a você mesmo, que quando se tem Deus a frente, tudo é possível.

A BOLA DA VEZ MT: O que foi fundamental para o sucesso do projeto do CANH?

Senegal: Acho que a mescla de atletas jovens, e cheios de vontade, com atletas experientes, que são os chamados de boleiros. Conseguimos formar um grupo com muito potencial.

A BOLA DA VEZ MT: : E o ambiente e relacionamento dentro do grupo como era?

Senegal: O melhor que eu já vi em toda minha caminhada do futebol amador. Pessoas de bem, sem vaidade e que estavam com muita vontade de vencer.

A BOLA DA VEZ MT: A final do Peladão serviu para te recolocar em evidencia no futebol amador. O que foi fundamental para estar novamente entre os destaques da sua posição?

Senegal: São vários aspectos que me fez chegar a este ponto tão alto. Primeiro, é você tirar um tempo para treinar, se dedicar mesmo. Segundo, alimentar muito bem. Ser casado favorece muito, pois faz com que você não perca noite e esteja bem focado em se preparar melhor. Ter companheiros como eu tive no CANH foi também uma pitada da receita. E o principal a fé em Deus para me conceder saúde para desempenhar o meu melhor.

A BOLA DA VEZ MT: Voltando um pouco no tempo, quando você começou sua caminhada no futebol amador?

Senegal: Comecei no Estrela do Norte do bairro Novo Horizonte. Eles participavam sempre do campeonato dos bairros Planalto e Altos da serra, quando eu ainda tinha apenas 16 anos.

A BOLA DA VEZ MT: Neste inicio de carreira quem eram suas referências no futebol amador?

Senegal:Sempre admirei atletas como Sapinho 18, Nambu, Jeanzinho, Pacuzinho, Índio Massa-Barro, além de Fernando Fusca e Jocelmo, que são os melhores "Pitbull" que vi jogar em alto nível.

A BOLA DA VEZ MT: Você mora nesta imensa região do CPA. O que, em sua opinião, fez que com a região passasse tanto tempo sem protagonismo no futebol amador?

Senegal: Acho que a falta de responsabilidade e determinação de ambas as partes, tanto de atletas quanto de clubes para planejarem e acreditarem no potencial das pratas da casa. Planejamento é tudo no futebol amador hoje em dia.

A BOLA DA VEZ MT: Mudando o foco para a Champions, a LICB começou e sua equipe, Unidos do Dom Aquino não começou bem. A que se deve esse mal inicio de competição?

Senegal: Bom, vejo da seguinte forma, hoje futebol amador está muito dinâmico e muito corrido. Atletas muito bem fisicamente e hoje eu analisando minha equipe, não está na melhor forma física. Acho que precisamos nos dedicar mais. Seria uma boa ideia mesclar alguns jovens que podem agregar algo diferente para conseguimos a classificação.

A BOLA DA VEZ MT: Nos últimos dias, temos falado muito da ascensão de Vitor e Marcelo como treinadores. Você esteve com Marcelo no Peladão e esta com Vitor na LICB. Quais as principais diferenças entre eles e qual o motivo do sucesso dos dois em sua opinião?

Senegal: Bom, vou falar de Marcelo primeiro. Ele tem uma humildade tremenda e uma preleção fora do comum que faz toda diferença nele. Uma estratégia de jogo para cada adversário. Monta sua tropa para ir ao combate, aí está uma diferença boa a meu ver. Vítor tem um diferencial que ele aceita muito desafios. É um amigo guerreiro que joga com o time. Diferencial dele é o bom caráter e pulso firme, ou é do jeito dele ou ta fora da jogada, não aceita muita interferência externa. Detalhe, tenho uma imensa gratidão aos dois, são amigos de longas datas independente de Futebol.

A BOLA DA VEZ MT: Como você vê a chegada do site A BOLA DA VEZ MT no futebol amador?

Senegal: Vejo como a melhor jogada de todos os tempos na baixada cuiabana. Estava mais que na hora de um Site que divulga futebol amador, e até mesmo ações sociais relacionados ao esporte amador.

A BOLA DA VEZ MT: Em sua opinião, o que ainda precisa melhorar no futebol amador?

Senegal: A meu ver, creio que o poder público, secretaria de esporte, poderia dar mais apoio as ligas dos bairros, para fortalecer as competições e também trazer equipes de outras cidades para disputarem os campeonatos da baixada cuiabana.

A BOLA DA VEZ MT: Hoje podemos dizer que as competições de maiores repercussões, são o Peladão, LICB, Ralinha, Grafitte/Thiu e Show de Bola/Cpa 3. Qual a sua competição favorita e por quê?

Senegal: Peladão e LICB. Peladão porque se tornou o maior do Estado de Mato Grosso, e a final vem sendo realizada em um estádio que foi sede de Copa do Mundo, onde jogou James Rodriguez e outros grandes nomes mundiais do futebol, além do público considerável. E a LICB por ser também a taça mais cobiçada da nossa capital, onde só joga os melhores. Se você não estiver em um bom momento, você não consegue nem assinar carteirinha em algum clube. Além disso, a competição recebe atletas de outras cidades, e de outros estados, o que torna uma competição bem atraente.

A BOLA DA VEZ MT: Quem é o melhor jogador do futebol amador na atualidade?

Senegal: Heré

A BOLA DA VEZ MT: Vamos falar de renovação. Qual sua analise sobre a nova safra de atletas no futebol amador?

Senegal: Estão surpreendendo, e claro, muitos deles vão ser craques daqui um tempo no futebol amador. E muito bom ter essa nova safra em grupos da "boleiradas".

A BOLA DA VEZ MT: Se o Senegal fosse treinador, qual seria os 11 titulares atualmente numa possível seleção do futebol amador atual?

Senegal: Max; J.Lenon , Brancão, Marcão e Dalvan; Heré, Jamba, Profeta e Jeanzinho; Pelezinho e Wellinton W11.

A BOLA DA VEZ MT: Senegal o que é primordial para que você aceite defender uma equipe?

Senegal: Eu saber que a equipe vem para ir à busca do "caneco", e acertar com o presidente ou responsável da equipe o combinado.

A BOLA DA VEZ MT: Então questão financeira é fundamental?

Senegal: No meu modo de pensar e agir, as vezes eu opto em pegar um valor bem menor, mas com ambiente agradável e onde me sinto em casa, e vou ter oportunidade de jogar. Porque o que todo jogador gosta é de jogar.

A BOLA DA VEZ MT: Senegal, um dos atletas em grande evidencia é o seu irmão Pelezinho. A que se deve esse bom momento dele atualmente?

Senegal: Creio que o vigor físico dele e um dos melhores aspecto dele. E ele sempre acredita nos chutes dele. Porém, ele e um atacante que volta muito para recompor o meio de campo, estilo de jogo muito usado pelos "treineiros". Foi muita conversa também que tive e tenho com ele todos os dias sobre o mundo da bola. Acho que tudo isso ajudou. Ele não desiste de nem um lance, acredita sempre.

A BOLA DA VEZ MT: LICB praticamente encerra o calendário 2017 do futebol amador na baixada cuiabana. Quais os seus planos para 2018?

Senegal: A Copa Ralinha é a primeira competição, mas ainda não tenho nada acertado com ninguém. Tenho a Copa Grafitte como um grande objetivo, pois é um troféu muito cobiçado em Várzea Grande. Mas a minha principal meta é deixar um bom trabalho nas equipes que eu defender no próximo ano.

Fonte: Redação

Tags:   aboladavezmt
Comunicar erro
Banner Governo de MT
GTX

Comentários

anuncio 2