Rondonópolis Hawks estreia com vitória no Brasileirão de Futebol Americano

Os Gaviões do Cerrado venceram os paulistas do Dragons por 32 a 18, no Luthero Lopes

Por Da Redação em 08/08/2022 às 15:24:15

O Rondonópolis Hawks estreou com vitória no Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, na noite deste sábado (06), diante do Moura Lacerda Dragons, de Ribeirão Preto-SP, por 32 a 18. A partida marcava o retorno do esporte em Rondonópolis, e era cercada de muita expectativa pela torcida do Gavião do Cerrado, que não se decepcionou com um forte jogo de defesa com três interceptações, time de especialistas muito concentrado e com as principais peças do ataque aparecendo nos momentos decisivos.

O treinador Eduardo Narvaes avaliou a estreia da equipe, e destacou o poder de adaptação que o time apresentou para vencer o Moura Lacerda Dragons, que vinha com mais ritmo de jogo que o time da casa. "Foi um jogo duro, e ainda mais pela ansiedade, que era muito intensa por conta dos quase três anos sem entrar em campo. Nós temos que melhorar muito em todos os setores, mas somos um time que tem muito potencial, acreditamos que teremos um desafio grande durante a temporada, e agora é manter o foco nos treinos e levar o nome de Rondonópolis para os playoffs, esse é o nosso objetivo", destacou.

No próximo jogo pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, o Rondonópolis Hawks viaja até interior de São Paulo, onde enfrenta o Rio Preto Weilers, no dia 28 de agosto.

A Associação Atlética Rondonópolis Hawks mantém seu projeto esportivo e social com os patrocinadores: Restaurante Verde Vale, Urolaser, Hidroni, Tend Tudo Country, Grupo Nino, Grupo Mattei, CedirLab, F. Garcia Engenharia, RW Suplementos, Colisor Engenharia. E conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Rondonópolis, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Cerâmica Rondonópolis, Lojão do Povo, Academia Rockgym, Universidade UNIC e Ortocenter.

O JOGO

Mas quem começou pontuando foi a equipe visitante, no finalzinho do nervoso primeiro quarto, com o quarterback Matheus Tremeschin, em uma corrida curta até a end zone, o extra point não foi convertido, batendo na trave, 6 a 0 Dragons.

No segundo quarto, o ataque do Hawks começou a engrenar, e em uma corrida explosiva de 42 jardas do polivalente Matheus Barozzi, o time da casa empatou, e com tentativa de conversão de dois pontos sem sucesso, 6 a 6.

A defesa do Moura Lacerda atenta na marcação dos americanos do Hawks, conseguiu realizar uma interceptação na linha de 9 jardas da red zone que foi retornada até o meio campo, mas sem capitalizar pontos. No drive seguinte, o fumble do ataque do Hawks foi recuperado pelo Dragons, na linha de 44 jardas de seu campo, mas sem tempo no relógio. O placar foi igual para o intervalo, 6 a 6.

Na volta para o terceiro quarto, a defesa do Hawks já mostrou suas credenciais, com uma interceptação de passe na linha de 10 jardas pelo safety Gabriel, que retornou até a linha de 45 jardas do campo do Dragons.

A virada no placar veio em um passe lateral do quarterback Guilherme Zanchin para o wide receiver Tra Fletcher, na linha de 18 jardas do campo ofensivo, saindo da marcação e com um último esforço passando na linha da end zone, a conversão de dois pontos foi concretizada com um passe curto de Zanchin para Barozzi, que na marra venceu os bloqueios e entrou na end zone, 14 a 06 Hawks.

No início do último quarto, os Dragons aproximaram do placar com um touchdown de corrida de 19 jardas do runningback Maduro, na tentativa de conversão de dois pontos, o passe foi defletado pela defesa, placar 14 a 12 para Hawks.

O time visitante no drive seguinte roubou a bola em uma jogada de corrida do Hawks e se manteve vivo na partida, porem o drive não avançou e a tentativa de chute na linha de 24 jardas para três pontos não foi bem sucedida.

Com a partida se encaminhando para o final, uma interceptação de Bjay Hooper na linha de 20 jardas do campo do Hawks foi retornada para touchdown, a primeira pick six da noite, na tentativa de conversão de dois pontos não houve pontuação, 20 a 12 Hawks.

O time de especialistas do Hawks que já havia bloqueado um punt mais cedo, apareceu novamente recuperando a bola do time de retorno dos Dragons, na linha de 4 jardas do campo de ataque, que resultou neste drive em touchdown na conexão de passe de 15 jardas de Zanchin com o wide receiver Bjay Hooper, que subiu mais alto que o marcador e fez uma bela recepção, sem conversão de dois pontos tentado pelos Gaviões do Cerrado. O placar 28 a 12 Hawks.

A terceira interceptação da noite da defesa do Rondonópolis Hawks desta vez foi de Matheus Barozzi, que da linha de 14 jardas do campo defensivo só parou na end zone, mais uma pick six, conversão de dois pontos não foi realizada. 32 a 12 para o Hawks.

Ainda deu tempo para o Moura Lacerda descontar a diferença, com um belo passe em profundidade para o touchdown do wide receiver Fumaça, na tentativa de conversão de dois pontos a defesa do Hawks defletou o passe. Desta forma, o placar final foi 32 a 18 para o Rondonópolis Hawks.

Fonte: Assessoria Rondonópolis Hawks

Comunicar erro

Comentários