00:00:00


Quarentena obrigatória deve acabar com jogos clandestinos de futebol e futevôlei

Fiscalização será mais rígida nos próximos dias, e a tendência é que eventos às escondidas não ocorram mais

Nesta quinta-feira (25), o prefeito Emanuel Pinheiro acatou uma decisão judicial, e através de decreto municipal, endureceu as medidas de enfrentamento à pandemia do covid-19. Com isso, o reflexo deverá ser sentido nos campos de futebol e nas quadras de futevôlei, em que “jogos clandestinos” ocorriam semanalmente em plena a pandemia.

A fiscalização dos órgãos públicos, inclusive da Polícia Militar, será rígida junto ao comércio, e também aos cidadãos que insistirem em infringir a lei. E os locais de eventos esportivos também estão na mira, pois além do contato entre jogadores, também causava aglomeração de torcedores, colocando diversas vidas em risco.

O futebol amador cresce a cada ano em função do exemplo de sucesso que é, mas ás vezes, deixa a desejar. No momento em que deveria ser mais um segmento a demonstrar consciência em prol de vidas que estão em risco, se deixou levar pela irresponsabilidade. A expectativa é que as cenas não se repitam nos próximos dias.